SEDAM/CV e SENAR oferecem curso de derivados de leite a pequenos produtores das comunidades Varjão e Ponte Alta




SEDAM/CV e SENAR oferecem curso de derivados de leite a pequenos produtores das comunidades Varjão e Ponte Alta

A fabricação de derivados do leite contribui com o aumento da renda da pequena propriedade

Na próxima semana a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Agrícola e Meio Ambiente de Campo Verde (SEDAM/CV), em parceria com o SENAR/MT, realizarão um curso de produção de derivados do leite com pequenos produtores das comunidades Varjão e Ponte Alta.

O curso terá início na próxima segunda-feira (3) e se estenderá por toda a semana, com 40 horas de duração entre aulas teóricas e práticas. Serão repassadas técnicas de produção de doces de leite pastosos e em barras, queijos, requeijões, manteiga e bebidas lácteas, entre outros derivados.

De acordo com a SEDAM/CV, serão aceitas até 15 inscrições com o mínimo de 8 participantes, sendo permitida a participação de produtores ou moradores de outras comunidades rurais. O curso é gratuito e as inscrições podem ser feitas na própria Secretaria de Desenvolvimento Agrícola e Meio Ambiente.

Nosso Leite – Na última terça-feira, o secretário de Desenvolvimento Agrícola e Meio Ambiente de Campo Verde, José Aparecido de Lima, acompanhado pelo gerente de Meio Ambiente Edson Silva Castro e por representante do SEBRAE, estiveram reunidos com pequenos produtores de leite do “Varjão”.

Durante a reunião foram repassadas informações sobre o programa “Nosso Leite”, desenvolvido pelo SEBRAE e que oportuniza capacitação e qualificação aos produtores com cursos onde são repassadas técnicas de manejo do rebanho, controle financeiro da atividade e produção de derivados, entre outros temas relacionados à pecuária leiteira.

A SEDAM/CV aguarda agora a confirmação dos produtores para que o programa “Nosso Leite” possa ser implantado e beneficie cerca de 10 famílias. Conforme destacou o secretário José Aparecido de Lima, essa é a primeira vez que a comunidade do “Varjão”, que pertencia ao município de Chapada dos Guimarães e foi anexada ao território de Campo Verde, recebe atenção do poder público com capacitação.

Sobre o autor