Recuperação da área do antigo lixão trará ganhos ambientais para Campo Verde




Recuperação da área do antigo lixão trará ganhos ambientais para Campo Verde

Antigo lixão será transformado em área verde

Por mais de 30 anos, uma área de 4 hectares localizada a 5 quilômetros da área urbana serviu como depósito de lixo de Campo Verde. Todos os dias o local recebia dezenas de toneladas de resíduos sólidos.

O lixão a céu aberto era um grande problema para o meio ambiente e também para a saúde da população. Durante o processo de decomposição o gás gerado pelo material entrava em combustão e espalhava uma fumaça mau cheirosa pela cidade, incomodando os moradores e causando problemas respiratórios, principalmente nas crianças e nos idosos.

Esses problemas começaram a ser resolvidos em 2018, quando a Administração Municipal concluiu e colocou em funcionamento o aterro sanitário, que passou a receber todos os resíduos gerados em Campo Verde.

Fechada, a área do antigo lixão começou a ser recuperada através de um trabalho que está sendo desenvolvido pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Agrícola e Meio Ambiente, em parceria com a Secretaria Municipal de Obras e Viação.

De acordo com o prefeito Fábio Schroeter, um Projeto de Recuperação de Área Degradada (PRAD) foi elaborado pela SEDAM/CV e está sendo desenvolvido. O projeto prevê a transformação do antigo lixão em um espaço onde os resíduos depositados ao longo de décadas não causem mais danos ao meio ambiente.

Nos últimos dois anos, conforme explicou a SEDAM, todo o resíduo depositado ao longo de décadas foi manejado e coberto com uma espessa camada de terra e cascalho. Uma cerca de arame foi instalada no entorno da área para impedir a entrada de pessoas e de animais.

Também estão sendo instaladas manilhas para servirem como exaustores do gás produzido pela decomposição do lixo orgânico que foi soterrado e será feito o plantio de árvores nativas e outros tipos de vegetação, transformando o antigo lixão a céu aberto em uma área verde e o que era um grande problema em ganhos ambientais.

Sobre o autor