Ecoponto proporciona facilidade aos moradores, gera renda e contribui com o meio ambiente




Ecoponto proporciona facilidade aos moradores, gera renda e contribui com o meio ambiente

No ecoponto podem ser descartados até 150 quilos de resíduos sólidos

Dentro das políticas públicas voltadas à preservação do meio ambiente desenvolvidas pela Administração Municipal de Campo Verde está o ecoponto, um local adequado para que a população descarte pequenas quantidades de resíduos sólidos.

No ecoponto podem ser descartados móveis velhos, sobras de podas de árvores e de grama, e restos da construção civil. Situado na rua Acre, no bairro São Lourenço, o ecoponto recebe até 150 quilos de resíduos por morador. Todo o material é separado e armazenado em caçambas metálicas, evitando danos à natureza.

Resíduos como garrafas pet, sacolas plásticas, ferro, lata, arame e madeira, são triados e repassados à Cooperativa de Trabalho e Manejo e Reciclagem de Resíduos Sólidos (Cotramar), que faz a venda para empresas recicladoras, transformando o que era lixo em lucro.

“Com a criação do ecoponto, nós proporcionamos um local adequado para o descarte de resíduos que antes eram jogados na natureza, comprometendo a qualidade do meio ambiente, e ainda contribuímos com a geração de trabalho e renda”, observou o prefeito Fábio Schroeter.

O ecoponto foi inaugurado em julho de 2019. O espaço é todo cercado por muros e funciona de segunda à sexta-feira, das 7h00 às 11h00 e das 13h00 às 17h00. Aos sábados o funcionamento é das 7h00 às 11h00.

Sobre o autor