Em 2019, prefeitura de Campo Verde investiu em Saúde e Educação mais do que determina a Lei


Resultados foram apresentados durante audiência pública realizada na manhã desta sexta-feira

Em 2019, prefeitura de Campo Verde investiu em Saúde e Educação mais do que determina a Lei

Números foram apresentados na última semana

A secretaria municipal de Finanças de Campo Verde fez na manhã desta quinta-feira (28/02), a apresentação dos resultados financeiros do ano de 2019.

Os números demonstraram que a Administração Municipal, sob o prefeito Fábio Schroeter, tem mantido um equilíbrio fiscal favorável e investido acima do que determina a Lei em setores considerados primordiais.

Na Educação, por exemplo, os indicadores apontaram que em 2019, o Município investiu 30,51% do orçamento próprio, quando o exigido pela legislação é de 25%. Em valores, de acordo com os números da secretaria municipal de Finanças, foram investidos R$ 43,3 milhões no setor.

Outro setor de grande importância na Administração Municipal e onde os investimentos refletem diretamente na população é a Saúde Pública. Em 2019, a Prefeitura de Campo Verde investiu no setor 29,74%, o equivalente a R$ 45,2 milhões. Pela Lei, os investimentos devem ser de no mínimo 15% da receita corrente.

As despesas com pessoal são consideradas em muitas administrações, sejam elas municipais, estaduais ou federal, o grande “gargalo financeiro”. Em Campo Verde o valor da folha de pagamento está bem abaixo do teto máximo determinado por Lei.

De acordo com a Lei de Responsabilidade Fiscal, os entes governamentais não podem comprometer mais que 54% de sua arrecadação própria com pagamento de funcionários. Em Campo Verde, esse percentual foi de 42,33% em 2019.

Conforme destacou a secretária municipal de Finanças, Leila Silvia Camilo, os números apresentados na manhã desta sexta-feira mostraram que as metas fiscais estabelecidas para o ano passado foram atingidas.

Categorias: Finanças

Sobre o autor