Piscicultura anima pequenos produtores do Santo Antônio da Fartura




Piscicultura anima pequenos produtores do Santo Antônio da Fartura

Os 15 pequenos produtores do Assentamento Santo Antônio da Fartura que estão participando do curso sobre “Teoria e Prática em Piscicultura Básica com Enfoque no Manejo em Viveiros Escavados e Qualidade da Água”, ministrado pelo zootecnista do SENAR Calixto Corrêa Neto, estão animados com a possibilidade de investir na atividade e, dessa forma, agregar mais uma fonte de renda à propriedade.

O curso, que começou na última segunda-feira e está sendo realizado por meio de uma parceria entre a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Agrícola e Meio Ambiente e o SENAR, terá 40 horas de duração. Na última quarta-feira (20), os participantes tiveram uma aula prática com visita a uma propriedade onde a piscicultura é desenvolvida em pequena escala.

Lázaro Divino dos Santos é um dos participantes que está empolgado com a piscicultura e aprovou a realização do curso. “É interessante a gente aprender porque estamos interessados em criar, entrar nesse ramo que é diferente do que e mexo, que a horta. Este é um ramo diferente, mais fácil de se ganhar dinheiro e cuidar da família. Eu estou achando interessante e muito proveitoso”, disse.

Também morador do Santo Antônio da Fartura e interessado em desenvolver a piscicultura em sua propriedade, Altamiro Araújo da Silva, foi outro que avaliou positivamente a realização do curso que, segundo ele, está ampliando seus conhecimentos sobre a criação de peixes em cativeiro.

“O curso em si tem sido muito bom”, enfatizou. “Eu pensei que sabia alguma coisa de piscicultura, mas com o curso eu descobri que não sei nada”, reconheceu. “E a minha expectativa é criar peixe com qualidade”, disse, afirmando estar confiante na atividade.

O curso será encerrado nesta sexta-feira (22) com a entrega dos certificados aos participantes.

Sobre o autor