Participantes destacam iniciativa da Prefeitura em ofertar cursos de qualificação




Participantes destacam iniciativa da Prefeitura em ofertar cursos de qualificação

Mais de 1,3 mil pessoas foram qualificadas através dos cursos ofertados pelo CRASTer a chance de se qualificar de forma gratuita é uma oportunidade esperada por muitos, já quem nem sempre os cursos são baratos e nem todos têm condições de custear as despesas. Pensando justamente nas pessoas que não podem pagar para se preparar para entrar no mercado de trabalho é que a Prefeitura de Campo Verde, através do CRAS e da secretaria municipal de Ação e Promoção Social, investiu na realização de quase 60 cursos durante de 2013.

Eliane Aparecida Elias fez o curso de Atendente e Recepcionista. Para ela, poder se qualificar representa a chance de conseguir uma vaga no mercado de trabalho, já que o curso que fez lhe abre portas em vários segmentos, como o comércio, hotelaria e consultório médico. “Para mim está sendo muito bom, pois vai me abrir vagas de empregos, e o mercado de trabalho sempre exige da gente esses cursos. Pra mim foi muito bom”, disse.

Para ela, a iniciativa da Prefeitura, através da secretaria municipal de Ação e Promoção Social em ofertar o curso de qualificação em parceria como o SENAI, sem custos para os participantes, foi fundamental. “Se não fosse assim eu teria que custear o curso que tem um valor até caro. Então foi muito bom porque eu não vou precisar tirar (dinheiro) do meu bolso para fazer”, destacou Eliane, que pretende fazer novos cursos.

Moradora do Assentamento do Dom Ozório, Gabriely Silva Santos optou por fazer um curso voltado para o artesanato, como pintura em tecidos e crochê. “Foi um meio que eu vi de poder crescer e ajudar a família”, observou. Ela destacou que a iniciativa da Prefeitura foi boa para os moradores do Assentamento. “Foi uma grande vantagem pra gente”, ressaltou. Gabriely afirmou que poder participar dos cursos gratuitamente “foi de grande importância e a gente é muito grato por isso”, concluiu.

Ramon de Jesus Paula fez o curso de operador de computador e destacou a qualidade do ensino ofertado. “Foi muito bom, aprendi muitas coisas que não sabia”, disse ele, que pretende participar de outros cursos. Ramon também destacou que a qualificação “é uma grande oportunidade para quem quer entrar no mercado de trabalho”. (Valmir Faria – Supervisor de Comunicação)

Sobre o autor