Há 15 anos em Campo Verde, DaKasa Presentes e Utilidades para o Lar inaugura sede própria


Investimentos feitos demonstram confiança no progresso e no desenvolvimento da cidade

Com investimentos superiores a R$ 2 milhões, a DaKasa Presentes e Utilidades para Lar, inaugurou sua nova loja em Campo Verde, situada na Avenida Brasil, 1004, no bairro Estação da Luz. Agora em prédio próprio, a empresa conta com um amplo espaço de vendas com 1,2 mil metros quadrados.

Com 15 anos atuando no comércio local, a loja tornou-se referência no segmento em que atua e os investimentos, de acordo com os proprietários Ivo Miranda Corço e Noely Nascimento Corço, demonstram a confiança que os dois depositam em Campo Verde.

Para o secretário de Desenvolvimento Altair Donizete Restani, os investimentos feitos pelo casal de empresários demonstram que a cidade continua sendo atrativa. “Ninguém investe sabendo que não vai ter retorno”, frisou. “E Campo Verde tem respondido muito bem aos empresários que têm investido aqui”, continuou. “Nós ficamos contentes em ver uma loja que chegou aqui há 15 anos, estava no aluguel, e hoje tem sua sede própria. Uma bela sede, um belo investimento”, completou.

Restani lembrou que a Administração Municipal, por meio do Programa de Desenvolvimento Econômico de Campo Verde (PRODECAM) tem apoiado os empreendedores que querem investir na cidade. No caso da DaKasa Presentes e Utilidades para o Lar, o Município concedeu incentivos como isenção de IPTU por dois anos e também de taxas municipais.

De acordo com a empresária Noely Nascimento Corço, o sucesso da DaKasa em Campo Verde se deve não apenas ao potencial econômico da cidade, mas também aos clientes e à população, que desde do início em 2005, têm prestigiado a loja.

“Nós nos sentimos acolhidos aqui, todos que chegavam na loja falavam assim: ‘Deus te abençoe, Deus te abençoe’. Nós fomos muito abençoados pelo povo, nós sentimos o povo muito acolhedor. Por isso que a gente tem esse carinho enorme por Campo Verde. Nós somos ‘estrangeiros’ e fomos acolhidos. A gente se sente bem aqui nessa cidade. Essa cidade já passou a ser nossa”, disse ela.

Tanto para Noely quanto para Ivo, Campo Verde é atrativa quando o assunto é investimento e tem muito a crescer e se desenvolver. “Nós acreditamos que essa cidade ainda é uma criança, uma adolescente. E nós acreditamos que ela vai crescer muito”, disse Noely, citando como exemplo o grande volume de construções em execução. “A gente acredita que Campo Verde vá atrair muitas indústrias”, completou.

Uma história de sucesso – Ivo e Noely são de Tapejara (PR), onde atuam no setor de supermercado. A história do casal é cheia de sucesso, no entanto, como tantos outros, esse sucesso é fruto do trabalho, da determinação e da fé.

Em 1985, Ivo deixou o emprego de vendedor em uma loja de tecidos e confecções na cidade em que morava e decidiu se arriscar no comércio, montando, em sociedade com um amigo, uma pequena quitanda em Tapejara.

As instalações eram simples, com os produtos expostos em bancas feitas de madeira de forro ou nas próprias caixas. O prédio era alugado, o estoque era pequeno, as dificuldades eram grandes, mas a força de vencer era muito maior. E assim aconteceu.