Devido ao Coronavírus, Prefeitura e Sindicato Rural cancelam Expoverde 2020




Parte dos recursos que seriam invertidos na Expoverde será repassada ao Hospital Municipal Coração de Jesus

Em entrevista coletiva concedida na tarde desta terça-feira (17), o prefeito de Campo Verde, Fábio Schroeter, e o presidente do Sindicato Rural, Gladir Tomazelli, anunciaram o cancelamento da Expoverde 2020, que seria realizada entre os dias 1 e 4 de julho no Parque de Exposição Marco Antônio Esteves da Rocha.

De acordo o prefeito, o momento é delicado em razão do avanço do Coronavírus e a realização de eventos com grande aglomeração de pessoas devem ser evitadas. “Hoje pela manhã nós editamos um decreto que visa conter a evolução da doença e o agravamento dos casos. Nós não colocamos no decreto essa questão da Expoverde, mas temos uma preocupação grande com isso e já vínhamos conversando internamente”, disse o prefeito.

Segundo ele, em reunião com o presidente do Sindicato Rural, a decisão pelo cancelamento da feira agropecuária foi tomada em função de todo cenário proporcionado pela preocupação mundial com o Coronavírus.

De acordo com o prefeito, a Expoverde é um evento grandioso e que precisa ser organizado com antecedência. O momento, segundo ele, é de programar e fazer toda a contratação para o evento.

“Como se faz isso se você não sabe o que vai acontecer daqui a 30, 40, 60 dias? É muito difícil. Então, em função disso nós tomamos essa decisão de cancelar a Expoverde”, explicou o prefeito. “Entendemos que nós estamos tendo o bom senso, que estamos sendo coerentes ao tomar essa decisão. Acho que é a decisão mais acertada no momento. É um momento delicado, é um momento de cuidar de saúde”, completou.

Gladir Tomazelli ressaltou que a decisão foi tomada em conjunto e que o SR apoia o cancelamento da Expoverde devido ao momento crítico que o país e o mundo está passando. “Pelo tamanho do evento, tem muita coisa que tem de ser contratada agora. Não é possível daqui 30, 40 dias tomar uma decisão de decisão de fazer ou não fazer, contratar ou não contratar”, ressaltou Tomazelli. “E nós não podemos correr o risco, não vamos correr esse risco, não temos porquê nos expor a um risco financeiro. É hora de tratar da saúde, é hora de cuidar disso”, continuou. “É o que tem que ser feito”, completou.

De acordo com o prefeito Fábio Schroeter, parte dos recursos que o município investiria na realização da Expoverde será repassada ao Hospital Municipal Coração de Jesus, por meio de convênio. O valor será de R$ 200 mil, e deverá ser utilizado exclusivamente no combate ao Coronavírus. O Sindicato Rural, de acordo com Tomazelli, repassará R$ 80 mil, que são parte do lucro obtido com a exposição de 2019.

Categorias: Gabinete