Metas do PDI são apresentadas; prefeito, secretária e representante do TCE/MT falam dos avanços alcançados




Simoni Pereira Borges, secretária municipal de Planejamento: “Hoje nós conseguimos realizar um trabalho, pensar as metas compreendendo todo o processo”

Referência para os demais municípios de Mato Grosso quando o assunto é o Programa de Desenvolvimento Institucional Integrado (PDI), implantado em 2012 pelo Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso e aderido por Campo Verde em 2013, a Administração Municipal apresentou nesta terça-feira (28) os resultados das metas estipuladas para 2019.

A apresentação, comandada pela secretária de Planejamento, Simoni Pereira Borges, aconteceu no Centro de Atendimento ao Idoso Beno Jhonner e contou com a presença de centenas de servidores públicos envolvidos direta ou indiretamente na execução do PDI.

O evento contou com a presença da secretária de Articulação Institucional e Desenvolvimento da Cidadania do TCE/MT Cassyra Vuolo, do secretário de Apoio às Unidades Gestoras TCE/MT, Adejair Roque e do auditor e coordenador do Projeto I do PDI, Guilherme de Almeida.

O foco do PDI, de acordo com o TCE/MT, é fomentar a adoção de um modelo de administração pública voltada para os resultados para a sociedade, melhorando a eficiência dos serviços ofertados à população.

Cassyra Vuolo, secretária de Articulação Institucional e Desenvolvimento da Cidadania do TCE/MT

O PDI é composto por seis Projetos: Planejamentos Estratégicos, Incentivo ao Acesso à Informação e à Consciência Cidadã, Orientação por meio de Cursos Presenciais e à Distância, Controle Gerencial utilizando o Sistema Geo-Obras, Modernização Institucional e TCEndo Cidadania.

Para 2019, o Programa de Desenvolvimento Institucional Integrado previa o cumprimento de 57 metas a serem atingidas pelas secretarias que compõem a Administração Municipal de Campo Verde. Desse total, 48 foram atingidas, ou seja, 84,21%, índice considerado muito bom.

Entusiasta do PDI, o prefeito Fábio Schroeter ressaltou mais uma vez que o Programa é uma importante ferramenta, tanto para identificação quanto para o atendimento das demandas apresentadas pela população e também pelos servidores municipais.

O prefeito lembrou que a execução do PDI e a busca pelo alcance das metas estabelecidas não foram tarefas fáceis de se cumprir. “Falando em específico do Planejamento Estratégico, que é uma das ações do PDI, digo pra você: no início foi bastante difícil pra gente identificar todas essas ações, esses objetivos, essas metas que a gente queria alcançar”, reconheceu.

Durante a apresentação das metas, servidores foram homenageados pela dedicação ao PDI

Porém, com o desenvolvimento do Programa as dificuldades foram sendo superadas, metas foram reavaliadas e os resultados foram aparecendo. Para que isso acontecesse, o empenho dos servidores e o apoio do TCE/MT foram fundamentais. “Foi um trabalho árduo, de várias pessoas. E esse processo todo de discussão, de argumentação com toda a equipe, fez com que houvesse um amadurecimento muito grande de todo esse projeto”, atestou o prefeito.

Na avaliação do gestor municipal, esse amadurecimento e comprometimento com o PDI resultou na melhoria dos serviços prestados. “Eu tenho certeza que o PDI tem dado sua contribuição em relação a isso. Nós só temos que agradecer ao Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso, a toda a equipe nossa de servidores – que sem eles nós não conseguiríamos atingir esse resultado -, por todo esse trabalho feito”, destacou Fábio.

Cassyra Vuolo concorda e faz coro ao prefeito Fábio Schroeter. Para ela, os avanços registrados pela cidade, que cresceu econômica e populacional, e que, conforme destacou, tem uma gestão eficiente e transparente, são resultados da implantação e da execução do PDI e também da determinação da gestão municipal.

“Uma gestão que dialoga com os 23 conselhos [municipais] que estão hoje atuando na cidade, uma administração que, ao mesmo tempo consegue administrar, planejar, prestar contas e também avançar e [que] sabe fazer prospecção do futuro”, elogiou Cassyra, que destacou também o aumento da arrecadação municipal.

A secretária municipal de Planejamento Simoni Pereira Borges, também destacou a evolução do município com a implantação do PDI e sua importância para a implantação e o desenvolvimento das políticas públicas. “Hoje nós conseguimos realizar um trabalho, pensar as metas compreendendo todo o processo”, enfatizou.

Ao avaliar o reflexo das ações do PDI na evolução do município e no dia a dia da população, Simoni Borges enfatiza que elas permitem à Administração Municipal, buscar a eficiência nos trabalhos desenvolvidos. E frisou que a assessoria oferecida pelo TCE/MT é fundamental nos caminhos a serem seguidos para que as ações planejadas alcancem seus objetivos.  “Com tudo isso a gente consegue ser mais assertivo”, completou.

Presidente da Câmara, o vereador Solivan Fonseca ressaltou que o prefeito Fábio Schroeter acertou quando decidiu que o Município iria aderia ao PDI e que o trabalho desenvolvido até agora – dentro das ações do Programa de Desenvolvimento Integrado Institucional – contribui com o crescimento da cidade. “Campo Verde caminha para dias melhores. E nós somos peças fundamentais para que isso aconteça”, disse ele.

Categorias: Planejamento