Prefeito destaca importância da agricultura familiar na economia local




O prefeito Fábio Schroeter destacou a importância e o empreendedorismo dos pequenos produtores rurais de Campo Verde durante a realização do 2º Seminário da Agricultura Familiar, realizado na manhã de hoje (12) no Centro de Atendimento ao Idoso Benno Jhoner. O evento fez parte do Programa Cidade Empreendedora e Sustentável, desenvolvido pelo SEBRAE de Mato Grosso.

A agricultura familiar, de acordo com a Empresa Mato-grossense de Assistência Técnica e Extensão Rural (Empaer), injeta na economia local em torno de R$ 40 milhões anualmente e é um dos mais importantes segmentos no contexto econômico do município, gerando empregos, renda e fixando o homem no campo.

Nos seis assentamentos da Reforma Agrária e em um dos extinto Banco da Terra, vivem mais de 1,1 mil famílias que cultivam áreas entre 12 e 25 hectares onde produzem hortaliças, legumes, frutas e criam pequenos e grandes animais, como gado de leite, suínos e frangos.

“A agricultura familiar tem um peso muito grande o nosso município”, destacou o prefeito Fábio, “Economicamente impacta muito. São muitas pessoas que estão nessa atividade, vivendo – a maioria, exclusivamente da sua produção, do seu lote e fazendo a diferença na economia de Campo Verde”, completou.

Fábio ressaltou que a renda dos pequenos produtores é aplicada no município, fomentando a economia e fazendo com que o dinheiro ganho circule no comércio local e em outros setores. “Talvez este seja um dos aspectos mais importantes que nós temos em relação à agricultura familiar. Até por conta disso a gente laçou esse 2º Seminário da Agricultura Familiar”, disse.

O prefeito lembrou que a Prefeitura de Campo Verde, por meio de suas secretarias, tem trabalhado para fortalecer ainda mais a agricultura familiar, levando orientação, saúde, educação e garantindo o escoamento da produção através da conservação e manutenção de estradas e pontes.

“Quem mais precisa desse apoio é o pequeno, principalmente quem está começando. Então a Prefeitura tem feito esse papel, com a secretaria de Obras e Viação dando suporte na infraestrutura. A secretaria de Desenvolvimento Agrícola e Meio Ambiente também tem apoiado bastante com assistência técnica, com escavação de tanques de peixes. O que a gente pode fazer para facilitar a vida do pequeno produtor e dar mais condições para que ele possa crescer e se desenvolver, nós estamos fazendo”, frisou.

Secretário Municipal de Desenvolvimento Agrícola e Meio Ambiente, Gessy Matheus Ventura, avaliou com muito bom o momento vivido pela agricultura familiar de Campo Verde, graças ao trabalho que vem sendo desenvolvido pela Administração Municipal. “A gente as vezes quer fazer mais, a gente não consegue devido ao orçamento que a gente tem, mas o que é possível fazer, está sendo feito. A expectativa para o ano que vem é melhorar ainda mais”, disse.

De acordo com o secretário, os agricultores familiares estão produzindo bem e o Município tem incentivado para que essa produção aumente. Como exemplo, ele citou a expectativa do aumento da produção de leite no Assentamento Dom Osório.

Categorias: Gabinete