Prefeitura dá continuidade à recuperação de barragens às margens da MT-140




Iniciadas há pouco mais de 15 dias, as obras de reconstrução das lagoas de contenção de águas da chuva às margens da MT-140, na saída para Chapada dos Guimarães, foram retomadas nesta terça-feira (13) pela Secretaria Municipal de Obras e Viação.

Na primeira etapa, conforme informou o secretário Fabiano Teruel, foram feitas a limpeza das lagoas e a retiradas das manilhas que foram danificadas pela força da enxurrada. Teruel explicou que os danos foram causados por um volume de água acima do projeto para ser suportado pelas barragens.

As obras, informou Teruel, vão aumentar a vazão das lagoas em uma vez e meia, evitando dessa forma o rompimento das barreiras. O sistema anterior era composto por duas linhas de manilhas com um metro de diâmetro.

Com os investimentos que estão feitos, será construído em cada lagoa um vertedouro em concreto com quatro metros de largura. “Quando a água atingir a metade das manilhas, começará a escoar pelos vertedouros evitando que aconteça o rompimento das barragens”, explicou.

Teruel destacou que as obras foram planejadas e sendo executadas para suportar um determinado volume de água, porém, ressaltou ele, estão sujeitas à força da natureza.

Categorias: Noticias