Lixeiras são instaladas em praças, avenida e áreas de lazer




Campo Verde é uma cidade que conta com amplas e modernas avenidas, além de praças e áreas de lazer de grande beleza que orgulham os moradores e encantam os visitantes. E para que esses locais possam continuar sendo verdadeiros cartões postais, a Prefeitura Municipal tem feito sua parte, investindo na infraestrutura desses espaços.

Este mês, com recursos do Município, as Secretarias de Desenvolvimento Agrícola e Meio Ambiente e da Obras e Viação, investiram R$ 10,07 mil na aquisição de lixeiras plásticas que foram instaladas na Avenida Brasil, nas praças e 60 delas no Parque das Araras, umas das belas áreas de lazer da cidade.

As lixeiras, cada uma delas com dois compartimentos, são próprias para que os resíduos sejam descartados de forma ecologicamente correta. O compartimento amarelo indica que ali podem ser depositados materiais recicláveis, enquanto o de cor marrom é adequado ao lixo orgânico.

Ecologicamente correto

Dar destinação correta ao lixo produzido pelos moradores e pelo comércio tem sido um dos objetivos da Administração Municipal. Em julho do ano passado foi inaugurado o aterro sanitário e com isso, o lixão a céu aberto que funcionou durante mais de três décadas, foi desativado.

No último dia 12 a Administração Municipal inaugurou o primeiro ecoponto da cidade. Localizado no bairro São Lourenço, o local recebe resíduos sólidos, como móveis, computadores, lâmpadas, restos de construção, galhos, folhas e gramas em quantidade de até 100 quilos, que devem ser levados pelos moradores.

E ao longo dos últimos seis anos, três caminhões coletores e compactadores de lixo foram comprados pelo Município com recursos próprios, investimento que melhoraram e deram mais eficiência à coleta do lixo residencial.

O Município mantém também convênio com a Cooperativa de Trabalho e Manejo de Recicláveis (COOTRAMAR), repassando mensalmente R$ 27,5 mil e fornecendo caminhões e barracão para o recolhimento e armazenamento de material reciclável.