Piscicultura anima pequenos produtores do Santo Antônio da Fartura




Os 15 pequenos produtores do Assentamento Santo Antônio da Fartura que estão participando do curso sobre “Teoria e Prática em Piscicultura Básica com Enfoque no Manejo em Viveiros Escavados e Qualidade da Água”, ministrado pelo zootecnista do SENAR Calixto Corrêa Neto, estão animados com a possibilidade de investir na atividade e, dessa forma, agregar mais uma fonte de renda à propriedade.

O curso, que começou na última segunda-feira e está sendo realizado por meio de uma parceria entre a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Agrícola e Meio Ambiente e o SENAR, terá 40 horas de duração. Na última quarta-feira (20), os participantes tiveram uma aula prática com visita a uma propriedade onde a piscicultura é desenvolvida em pequena escala.

Lázaro Divino dos Santos é um dos participantes que está empolgado com a piscicultura e aprovou a realização do curso. “É interessante a gente aprender porque estamos interessados em criar, entrar nesse ramo que é diferente do que e mexo, que a horta. Este é um ramo diferente, mais fácil de se ganhar dinheiro e cuidar da família. Eu estou achando interessante e muito proveitoso”, disse.

Também morador do Santo Antônio da Fartura e interessado em desenvolver a piscicultura em sua propriedade, Altamiro Araújo da Silva, foi outro que avaliou positivamente a realização do curso que, segundo ele, está ampliando seus conhecimentos sobre a criação de peixes em cativeiro.

“O curso em si tem sido muito bom”, enfatizou. “Eu pensei que sabia alguma coisa de piscicultura, mas com o curso eu descobri que não sei nada”, reconheceu. “E a minha expectativa é criar peixe com qualidade”, disse, afirmando estar confiante na atividade.

O curso será encerrado nesta sexta-feira (22) com a entrega dos certificados aos participantes.