Demandas de Campo Verde são protocoladas junto a parlamentares mato-grossenses no Congresso




A secretária municipal de Planejamento Simoni Borges, esteve em Brasília durante esta semana onde protocolou junto à bancada mato-grossense no Congresso, algumas demandas de Campo Verde.

Ricardo Evangelista, vice-presidente do PSL, senadora Selma Arruda, Reginaldo Andrade, presidente do PSL e Simoni Borges, secretária municipal de Planejament

Conforme informou Simoni Borges, na terça-feira (12) ela e o presidente do diretório municipal do PSL de Campo Verde Reginaldo Andrade, e o vice-presidente da legenda, Ricardo Evangelista, estiveram no gabinete do deputado federal Nelson Barbudo onde protocolaram o projeto para terraplanagem, pavimentação, drenagem e sinalização do Distrito Industrial II, que deverá ser executado em quatro etapas.

Deputado Federal Nelson Barbudo com o Ministro do Desenvolvimento Regional Gustavo Canuto

“Na quarta-feira (13) o deputado esteve com o ministro do Desenvolvimento Regional Gustavo Canuto e entregou a ele o Projeto”, informou a secretária Simoni Borges. Nelson Barbudo garantiu apoio para que a demanda apresentada seja atendida. “Eu estou trabalhando em cima deste projeto. Estamos trabalhando por Campo Verde”, disse o parlamentar.

A secretária e os representantes do PSL estiveram também no gabinete da senadora Selma Arruda, onde também apresentaram algumas demandas do Município nas áreas da Saúde e da Educação.

“Com a senadora nós protocolamos o pedido de recursos para a construção de uma Unidade Básica de Saúde, de uma escola com 12 salas e de uma creche no Residencial Greenville”, informou. “Também protocolamos o pedido para a ampliação da Creche Padre João, no bairro São Miguel, e da Creche Bem-me-quer, no bairro Jupiara”, completou. As mesmas demandas foram protocoladas também no gabinete do deputado Nelson Barbudo, informou Simoni.

A secretária ressaltou que na última semana o prefeito Fábio Schroeter protocolou o pedido para a construção de uma Unidade Básica de Saúde para os bairros Recantos dos Pássaros I e II no gabinete do senador Jaime Campos. Em 2018, o pedido para a construção dessa UBS e do Residencial Geenville foi protocolado junto ao Ministério da Saúde.

Simoni Borges avaliou como positiva a ida à Brasília, uma vez que o orçamento do Governo para este ano será aberto no próximo mês. “Então é o momento de colocar na mesa todas as demandas. Os municípios que chegam primeiro têm uma referência maior, esse é o posicionamento que eu vejo”, disse ela.

Segundo ela, as perspectivas são boas com relação à liberação dos recursos pleiteados. “É uma nova visão de governo, de um discurso de que com uma política mais séria vá realmente sobrar mais recursos para que as Prefeituras sejam contempladas”, disse.

Ela destacou ainda que Campo Verde é muito bem aceito junto à bancada mato-grossense no Congresso Nacional e que o prefeito Fábio Schroeter é uma referência. “E não é só para os parlamentares com quem nós conversamos, mas também para os outros prefeitos. Ele tem esse respeito da classe política”, disse.

De acordo Simoni Borges, a boa relação entre a Administração Municipal e o PSL, que é o partido governista, renderá bons resultados. “O que a gente visualizou é que hoje, com o partido do Governo, nós temos uma senadora – Selma Arruda – que tem uma promessa com município”, disse. “Ela externou que se não for no ano de 2019, em 2020 alguma coisa boa ela precisa mandar para Campo Verde”, disse a secretária.

O prefeito Fábio Schroeter também frisou que essa boa relação entre o partido do Governo e o Município é de grande importância. “E eu quero agradecer ao Reginaldo Andrade, que é o presidente do PSL, por todo esse apoio que tem nos dado”, disse o prefeito.

Categorias: Noticias