Campo Verde lidera geração de empregos no mês de fevereiro


Município apresentou o melhor desempenho no mercado de trabalho em Mato Grosso

De acordo com os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) do Ministério do Trabalho, Campo Verde apresentou um saldo de 469 empregos gerados em fevereiro. Conforme os números divulgados, foram 884 admissões contra 415 demissões no mês.

O desempenho registrado em fevereiro foi bem melhor que o de janeiro, quando foram efetuadas 712 contratações e 605 demissões, proporcionando um saldo de 107 novos postos de trabalho.

“Esse resultado nos deixa muito satisfeitos”, disse o prefeito Fábio Schroeter. “E nos mostra que nossa cidade está conseguindo se manter longe da crise que tanto nos preocupa”, completou.

Os números do CAGED apontam que Campo Verde teve o melhor desempenho entre os municípios com mais de 30 mil habitantes em Mato Grosso.

Mais uma vez o agronegócio foi o carro-chefe na criação de postos de trabalhos, com 536 contratações e apenas 136 desligamentos. No ano, o setor apresenta um saldo de 579 postos de trabalho criados.

E segundo lugar está o setor de serviços, com 141 novas contratações contra 99 demissões. A indústria de transformação contratou 66 trabalhadores e demitiu 35.

Os únicos setores que apresentaram saldo negativo em Campo Verde foram os de serviço industrial de utilidade pública, com apenas duas contratações contra 11 demissões, e o comércio, que teve 112 trabalhadores contratados e 119 demitidos.

O desempenho de Campo Verde na geração de empregos foi muito superior ao de Nova Mutum, que apresentou um saldo de apenas 53 novos empregos em fevereiro. Em Lucas do Rio Verde foram feitas 1.100 contratações e demitidos 1.066 trabalhadores.