Consórcio Intermunicipal de Saúde inaugura nova sede em Rondonópolis




inauFormado por 19 municípios, o Consórcio Intermunicipal de Saúde Sul de Mato Grosso (CORESS), inaugurou nesta quarta-feira (25) sua nova sede, localizada em Rondonópolis. O novo espaço, amplo e confortável, conta com recepção, consultórios médicos, sala de triagem, enfermaria e salas para a realização de vários exames.

Para o presidente do Consórcio, Fábio Schroeter, a nova sede além de ser um avanço para o CORESS, é também uma grande conquista para a população. “Significa mais qualidade no atendimento da população e vai proporcionar que o Consórcio cresça e possa oferecer novos serviços e com qualidade”, disse Fábio, que assumiu a presidência do CORESS em janeiro. Para ele, a nova sede está trazendo um grande ganho para a saúde dos 19 municípios que formam o Consórcio.

O CORESS atende uma média diária de 150 pacientes de vários municípios. A média de atendimento mensal é de 3 mil pacientes. São ofertados atendimentos em 54 especialidades médicas, além de exames como ultrassonografia, videolaringoscopia, eletroencefalograma, ecocardiograma, eletrocardiograma, teste ergométrico, hoter, MAPA, dopller de membros inferiores, dopller de tireoide e vários outros.

Para os municípios, o Consórcio é de grande ajuda. Prefeito de Rondonópolis, José Carlos do Pátio destacou a inauguração da nova sede e a importância do CORESS. “É um passo importante para se construir a descentralização da Saúde no Estado de Mato Grosso”, disse o gestor. “E eu quero aqui dizer o seguinte: o Consórcio não é só fortalecer o município sede, que é Rondonópolis, o sonho nosso é que Campo Verde, Primavera, Jaciara, Alto Garças, todos cresçam as políticas de Saúde Pública”, completou.

Para Claudinei Sangolan, prefeito de Alto Garças, município com pouco mais de 12 mil habitantes e que não possui um hospital para o atendimento dos moradores, poder contar com os serviços médicos ofertados pelo Consórcio traz tranquilidade aos pacientes e economia para os cofres públicos.

“É muito importante, já que hoje até consulta para você viabilizar é muito mais rápido e é um custo menor para o município”, observou.   “Se você vai pagar digamos, R$ 100 por uma consulta, pelo Consórcio ela sai a R$ 30. Isso para o Município é menor e viabiliza rápido as consultas”, ressaltou.

Sandra Badoco, secretária municipal de Saúde de Campo Verde, também destacou as melhorias que a nova sede do CORESS vai proporcionar. “As novas instalações do Consórcio hoje, vem dar melhores condições até de acomodar os pacientes, de receber o paciente e de poder ter os especialistas em um só lugar. Com certeza isso vem contribuir muito não só para o município de Campo Verde, mas para todos os municípios da região Sul”, frisou. (Valmir Faria – Supervisor de Comunicação/ASCOMCV

Categorias: Saúde