Empresários destacam vantagens de negociar com a Prefeitura




VALVALDurante o lançamento do Programa Licita Campo Verde – Compras Governamentais na manhã de hoje (28) fornecedores e prestadores de serviços falaram das vantagens de se negociar com a Prefeitura de Campo Verde e também dos benefícios implementados pela nova Lei.

Entre os benefícios eles destacaram o fim do que eles chamam de “concorrência desleal” praticada pelas empresas de fora, que apresentam preços muito abaixo dos das empresas locais. “A diferença é muito grande”, disse o empresário Valdecir Burato, que atua no ramo de móveis para escritório.

Burato destacou que negociar com a Prefeitura de Campo Verde é vantajoso por ter a certeza de que o pagamento será feito no prazo combinado e que, com a instituição do Licita Campo Verde, as empresas locais terão vantagens que antes não tinham. “É uma venda garantida”, disse ele.

Quem também elogiou a inciativa da Prefeitura e a forma como os fornecedores são tratados foi o empresário Maurício Kai, dono de uma empresa de móveis planejados. Este ano ele participou pela primeira vez de uma licitação do Município e como a documentação da empresa estava toda em ordem, não viu nenhuma dificuldade. “Foi fácil”, disse ele.

Outro ponto destacado por Kai foi o pagamento, feito antes da data combinada. “Estava previsto para 20 dias e foi feito com 11 dias. Eu pude usar o dinheiro para pagar a folha de pagamento, ou seja, o dinheiro acabou ficando na cidade. Vocês estão de parabéns por essa visão, foi uma sacada genial que vocês tiveram”, disse.

Sandra Lunardon tem uma empresa de ar condicionado em Campo Verde e em 2015 participou de um certame, mas não ganhou. A empresa foi uma das que reclamou da concorrência desleal das empresas de fora. “O preço deles é irrisório. Eles pagam para trabalhar”, observou.

Chateada, jurou que não participaria mais de licitações da Prefeitura. Porém, com a Lei que criou o Licita Campo Verde ela voltou a participar e hoje presta serviços para o Município. Sandra frisou que isso só aconteceu graças ao apoio recebido da Administração Municipal.

Jonatan Vagner Silva de Araújo também é proprietário de uma empresa de ar condicionado e também negocia com a Prefeitura. Com a criação da Lei do Licita Campo Verde ele afirmou que foi fácil concorrer. “A equipe de compra da Prefeitura contribuiu bastante para eu conseguir as documentações necessárias, já que a gente que é MEI não tem muita preocupação com essa parte porque fica tudo por parte da Administração conduzir todo o assunto”, disse.

Silva também destacou os pagamentos, que são feitos em dia. “Nenhum pagamento pra mim foi atrasado até hoje e eu faço meu máximo para prestar um serviço de qualidade”, disse.

A partir do momento em que passou a ser um fornecedor do Município, Jonatan disse que pode investir na melhoria da sua empresa e manter seu fluxo de caixa. “A empresa que eu tenho está ganhando estrutura a partir do investimento da Prefeitura com o retorno que eu estou tendo para minha empresa, os lucros. Além de me manter no mercado, eu procuro investir na empresa para poder comprar equipamentos que facilitem o meu trabalho, melhorem a qualidade do trabalho prestado de modo que o serviço que eu faça renda melhor para mim”, disse.

Categorias: Noticias