Governo atende pedido do prefeito Fábio e anuncia construção de escola no Jardim América




fábio2O governo de Mato Grosso publicou no Diário Oficial do último dia 8 o extrato do contrato número 055/2015, que tem como objeto a construção de quatro escolas estaduais. Uma delas será construída em Campo Verde, atendendo a um pedido feito pelo prefeito Fábio Schroeter ao governador Pedro Taques.

De acordo com o Governo do Estado, Campo Verde é um dos municípios do estado que, devido ao grande crescimento econômico, apresenta demanda reprimida e necessita aumentar o número de vagas na educação básica.

A nova unidade escolar terá 13 salas de aula e 1.009,55 metros quadrados. Será construída no Jardim América e, além dos moradores do bairro, vai beneficiar também as famílias quem moram no Residencial Santa Rosa e no Residencial Recanto dos Pássaros, num total de 1.592 famílias. O custo da obra está orçado em R$ 1.964.276,08.

O prefeito Fábio Schroeter destacou que a notícia traz alívio para a Administração Municipal por se tratar do atendimento de uma demanda de extrema importância. “Já era um pleito antigo nosso”, disse ele. “Os moradores daquela região tem uma necessidade muito grande, sem dúvida nenhuma. E vai aumentar essa necessidade a partir do momento em que o Recanto dos Pássaros for ocupado”, completou.

Conforme frisou o prefeito, o Município tem garantido transporte para os alunos que residem no Santa Rosa e no Jardim América e que estudam em escolas localizadas em outros bairros da cidade, aumentando as despesas para a Administração Municipal e evidenciando a necessidade de uma unidade escolar na região.

Fábio também lembrou que o crescimento econômico e populacional de Campo Verde, que é acima da média da maioria dos municípios brasileiros, faz aumentar a demanda por creches, escolas e por saúde. “Existe demanda pra tudo e a educação é essencial, é básico. A gente recebe essa notícia com muita alegria”, disse.

De acordo com matéria veiculada no site do Governo do Estado, além de acessibilidade, paisagismo e refeitório, a escola contará com painéis térmicos. O material é composto por placas metálicas revestidas e pré-pintadas, com isopor na parte interna proporcionando conforto acústico e minimizando o consumo de energia em regiões de clima quente.

A arquiteta da Seduc Patrícia Medeiros, conta que a tecnologia termo acústica já foi utilizada na cobertura das escolas e agora passará a ser usada na vedação das paredes. “O isolamento térmico é melhor que a parede de alvenaria e isso diminui em até 10º C a temperatura. O material conta também com um processo de construção diferente. As placas são montadas, o que diminui o tempo da obra e tem 30 anos de garantia, além de não precisar de manutenção periódica”, pontua a arquiteta.

Além de Campo Verde, o Governo de Mato Grosso investirá também na construção de uma escola em Cuiabá, uma em Primavera do Leste e outra em Sinop, somando R$ 7.857.104,32. Cada uma delas tem o prazo de execução de 180 dias, sendo que serão construídas duas por vez. A data para início das obras não foi divulgado. (Valmir Faria – Supervisor de Comunicação/ASCOMCV)

Categorias: Noticias