“Mateada Cultural” relembra tradições sulistas




A dança da fita foi uma das apresentações que mais chamou a atenção do público

A dança da fita foi uma das apresentações que mais chamou a atenção do público

Na tarde do último domingo (22), a Praça João Paulo II, no centro de Campo Verde, se transformou em um verdadeiro pedaço do Sul do Brasil, com a realização da 1ª Mateada Cultura, promovida pelo Departamento de Cultura da Secretaria Municipal de Educação.

O evento, que contou com apresentações artísticas realizadas pelas invernadas culturais de Campo Verde e Jaciara, teve apresentações de danças e músicas típicas do Rio Grande do Sul, chimarrão e distribuição de prêmios para a cuia mais bonita, a maior e a menor; e a mais original.

A Mateada Cultural lembrou a “Semana Farroupilha”, fortemente comemorada no Rio Grande do Sul para lembrar a Guerra dos Farrapos, movimento com ideais republicanos que eclodiu no Sul do Brasil na década de 1830 e que entrou para a história como um dos mais importantes movimentos civil e militar brasileiro.

O prefeito de Campo Verde, Fábio Schroeter, que prestigiou o evento, destacou a importância da cultura sulista no Município e também destacou a contribuição dos migrantes que vieram do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul para criar em Mato Grosso, uma das mais importantes cidades do Estado.

“Eventos como esse é de grande importância para que os descendentes dos nossos pioneiros, que aqui chegaram a 30, 40 anos possam conhecer os costumes de seus antepassados que ajudaram e ainda continuam ajudando a construir um Campo Verde cada vez melhor”, disse o prefeito.

Apresentações destacaram as tradições e a cultura do Sul do Brasil

Apresentações destacaram as tradições e a cultura do Sul do Brasil

 

Valmir Faria

Supervisor de Comunicação

Categorias: Noticias